Azul Serviço de Bordo

Após um período de ausência do serviço de bordo em voos domésticos no Brasil, o serviço de bordo voltará a ser distribuído a bordo neste domingo (22/05). A Azul e a GOL serão responsáveis pelo start, sendo que a LATAM só retomará a partir do dia 1º de junho.

Até então o serviço de bordo estava disponível somente para os clientes de voos internacionais, mesmo os considerados de curta distância, como entre São Paulo e Buenos Aires.

A Azul declarou que vai retomar simultaneamente o serviço de bordo em todos os seus voos neste domingo. Estará disponível para os clientes os famosos snacks da companhia e bebidas à vontade, sem custo adicional.

Em alguns voos da Azul não encontrávamos café no serviço de bordo, antes da pandemia. Ainda não está claro se a companhia disponibilizará mais esta opção para o cliente.

Típico serviço de bordo da Azul antes da pandemia, com snacks diversos, bolo, amendoim e as balinhas em formato de avião.

Já a GOL deve retomar seu serviço de bordo gradativamente. Neste domingo os voos que partem de Congonhas e Guarulhos já devem contar com alimentos a bordo

Os snacks também estarão à disposição dos Clientes GOL que embarcarem em Brasília (BSB), e no Rio de Janeiro, tanto Santos Dumont (SDU) quanto Galeão (GIG), a partir de 1º de junho.

O serviço completo com bebidas variadas (água, sucos, refrigerantes e café), além dos snacks, será retomado para 100% dos voos domésticos a partir de 16 de junho.

Serviço de bordo gratuito da GOL com snacks.

Antes da pandemia a GOL tinha alguns serviços especiais de alimentação em seus voos, com distribuição gratuita de hamburguer e até cerveja Heineken, mas limitado a alguns tipos de rotas. Nas demais os clientes contavam com uma variedade limitada de bebidas, além de snacks e biscoitos da Mãe Terra.

A companhia também oferecia compra de alguns alimentos a bordo, apesar do serviço gratuito, era normal algumas opções não estarem disponíveis.

Nos voos internacionais a GOL continua com o mesmo padrão, oferecendo gratuitamente refeições completas, como relatamos aqui em um FlightReport voando para Cancún, no México. Confira nas fotos abaixo:

 

Uso obrigatório de máscara continua

Apesar do serviço de bordo retomar nos voos domésticos no Brasil, a ANVISA ainda manteve a determinação que exige a permanência do uso de máscara a bordo, enquanto o passageiro não estiver se alimentando, bem como nas áreas de embarque e desembarque de todos os aeroportos brasileiros.

Alguns passageiros protestaram contra a medida, afirmando que não há sentido em permitir a retirada da máscara por todos os passageiros durante o serviço de bordo, enquanto o avião está em voo. Além disso, as aeronaves são equipadas com filtros especiais, capazes de eliminar qualquer vírus do interior do avião em pouquíssimos minutos.

A Agência ainda recomendou que os serviços de bordo sejam os mais breves possíveis, de forma a não prejudicar significativamente o uso de máscaras de proteção facial pelos viajantes.

Outra recomendação é que todos os resíduos sólidos gerados pelo serviço de bordo sejam recolhidos o mais breve possível, sendo que especial atenção deve ser dada aos objetos que possam ter tido contato direto ou indireto com a boca do viajante, como copos, pratos, garfos e outros.

O desembarque também continuará sendo realizado por fileiras, medida que as companhias já avaliavam implementar de maneira permanente em seus voos. Por enquanto, de acordo com a ANVISA, é para evitar a contaminação por Covid-19 entre os passageiros a bordo.