A Azul Linhas Aéreas está fazendo novos estudos para lançar voos internacionais de longa distância, e Paris está no centro dos estudos da empresa.

De acordo com uma entrevista que realizamos com Marcelo Bento Ribeiro, Diretor de Relações Institucionais e Alianças da Azul Linhas Aéreas, durante um voo no novo Airbus A321neo da companhia, a Azul fez uma análise há poucos meses para lançar um novo voo de longa distância, na ocasião a companhia ficou entre Paris e Nova York, e como publicamos na última semana, a Azul acabou lançando voos de Viracopos para Nova York.

Marcelo ressaltou durante a entrevista a conectividade da Azul em Nova York. O voo operará no mesmo terminal da JetBlue no local, possibilitando que os passageiros tenham acesso aos vários destinos atendidos pela companhia fundada por David Neeleman.

Apesar dessa decisão da companhia, a Azul continua avaliando o momento certo de lançar voos de Viracopos para Paris, rota anteriormente realizada pela Aigle Azur, em parceria com a Azul Linhas Aéreas.

A Azul ainda não tem uma data para o lançamento dos voos de Paris, porém, a companhia deve receber mais duas aeronaves A330neo na sua frota em 2020, sem retirar os aviões do modelo A330 da sua frota. Ainda não está claro se o plano da companhia é aumentar os seus destinos internacionais com os novos aviões, ou aumentar as frequências de voos.

John Rodgerson, presidente da Azul, disse em dezembro durante um evento para imprensa que a Azul planejava lançar somente um voo de longa distância em 2020. Porém, a Azul pode mudar suas perspectivas de mercado, de acordo com o crescimento da demanda.

 

DEIXE UMA RESPOSTA