LATAM
Foto - LATAM

O Grupo LATAM Airlines anunciou na tarde de hoje (10/12) que, por meio de seu programa “Avião Solidário”, colocará à disposição das autoridades de Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru o transporte gratuito de vacinas contra a Covid-19 em seus voos domésticos regulares, assim que elas estiverem disponíveis.

Em novembro, o Grupo LATAM operou mais de 17 mil voos domésticos nesses países, com operações de passageiros e cargas para 91 destinos na América do Sul.

Durante toda esta crise sanitária mundial, não medimos esforços para colaborar com as comunidades dos países que atendemos por meio do nosso programa “Avião Solidário”. Estamos felizes em anunciar que as operações domésticas da LATAM estarão disponíveis para apoiar de forma totalmente gratuita a distribuição das vacinas, segundo o que determinarem as autoridades do Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru”, afirma Roberto Alvo, CEO do Grupo LATAM Airlines.

No Brasil a Azul e GOL já anunciaram que vão transportar gratuitamente as vacinas do COVID-19 em voos domésticos.

Desde agosto, uma equipe com mais de 20 funcionários da LATAM Cargo tem planejado e adiantado os possíveis cenários para o transporte, levando em consideração o país e o destino, a infraestrutura dos aeroportos e a logística necessária para a preparação do transporte das vacinas.

Atualmente, a LATAM Cargo conta com 30 pontos de recebimento de insumos médicos em todo o mundo, incluindo Europa, Estados Unidos e Chile, além de outros quatro que pretende habilitar na China.

A LATAM Cargo é a primeira companhia aérea do continente americano e a única da América do Sul a obter a certificação CEIV Pharma, emitida pela IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo).

Isso significa que a companhia atende os mais altos padrões de qualidade para o transporte de produtos farmacêuticos com controle de temperatura.

 

DEIXE UMA RESPOSTA