Enquanto insere na sua frota aeronaves que operavam na Avianca Brasil, a Azul Linhas Aéreas aguarda receber em breve o primeiro Airbus A321neo da sua frota.

A aeronave já consta no sistema de fabricação da Airbus, e deverá ter o número de série MSN 9090, com entrega prevista para setembro/outubro de 2019, se a companhia não optar por atrasar o recebimento da aeronave.

No Brasil o primeiro Airbus A321neo da frota da Azul deve receber a matrícula PR-YJA. Vale ressaltar que essa versão não é de longo alcance, mas já estará equipada com as alterações ACF, que permitem mais 20 assentos a bordo sem diminuir o conforto do passageiro.

A companhia deverá receber ainda em 2019 cerca de três aviões do modelo A321neo,  sendo a última entrega do ano da aeronave de numeração MSN 9243, que também já consta no sistema da Airbus para entrega entre novembro e dezembro, antes da alta temporada.

Airbus A321neo.  Foto – Airbus

Ao todo o A321neo pode acomodar até 240 passageiros em classe única com essas alterações, a companhia deverá equipar a aeronave com algo entre 226 a 232 assentos. As aeronaves serão equipadas com motores CFM Leap-1A.

O A321neo da Airbus se destaca por oferecer um maior espaço para cargas nos porões da aeronave, maior peso de decolagem e também cerca de 50 assentos a mais de oferta. O foco é utilizar este avião em destinos de alta demanda.

Ainda em 2019 a Azul também vai receber da Airbus mais uma unidade do A330-900neo, e um A320neo de fábrica. A Embraer estima entregar o primeiro E195-E2 da Azul em setembro deste ano, iniciando a substituição da 1ª geração dos E-Jets.