Foto - Azul Linhas Aéreas

Durante as obras no Aeroporto Santos Dumont, que ocorrerão entre 24 de agosto e 20 de setembro de 2019, a estreante Azul Linhas Aéreas é a única que manterá voos na tradicional Ponte Aérea entre Rio de Janeiro e São Paulo.

Isso ocorre pois a companhia tem aviões Embraer E-Jet na sua frota, de menor tamanho, e vai iniciar seus voos na Ponte Aérea com essa aeronave, operando entre Congonhas e Santos Dumont.

Outras companhias, como a GOL e a LATAM, que operam a mesma rota, decidiram transferir seus voos para o Aeroporto do Galeão, porém, continuam com as operações a partir do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

A Azul iniciou nesta semana a venda de voos entre Congonhas e o Aeroporto Santos Dumont, com passagens promocionais, a companhia conseguiu 15 novos slots para a operação no terminal paulista, e ajustando sua malha, agora terá 34 voos por dia entre as cidades, na Ponte Aérea RJ-SP.

A Azul também planeja expandir sua oferta após as obras no Santos Dumont, colocando a aeronave Airbus A320neo, que tem capacidade para até 174 passageiros, na rota. Em comparação, o E195 utilizado pela companhia tem capacidade para 118 passageiros.

Durante as obras na pista principal, as operações serão realizadas pela pista auxiliar, um pouco menor em comprimento e largura, em comparação com a principal, mas que apresenta limitações do tipo de aeronave que pode operar na pista.