Azul

A Azul S.A. anunciou hoje (08/04) os resultados preliminares de tráfego de março de 2021, mostrando a demanda e a oferta da companhia no mês.

O tráfego de passageiros doméstico (RPKs) aumentou 11,2% em relação a março de 2020, frente a um aumento de 15,4% na capacidade doméstica (ASKs), resultando em uma taxa de ocupação de 71,7%, 2,7 pontos percentuais abaixo do mesmo período de 2020.

Mesmo com uma queda de 89,3% na demanda por voos internacionais, a Azul conseguiu finalizar o mês com uma redução de 8,9% na malha geral da companhia, considerando os mercados domésticos e internacionais.

“Em março, ajustamos proativamente nossa capacidade em resposta à segunda onda da pandemia no Brasil. Embora a demanda tenha sido impactada pelas medidas de quarentena implementadas em todo o país, a força e a conectividade de nossa malha, em conjunto com a flexibilidade da nossa frota, resultaram em um crescimento de 11% da demanda doméstica em comparação a março de 2020. Continuamos a gerenciar ativamente a capacidade durante esta fase da pandemia, sempre garantindo que esteja adequada à demanda e contribua para nossa posição de liquidez. Temos alguns meses desafiadores pela frente, mas como demonstrado ao longo desta crise, nosso modelo de negócio é resiliente e nos beneficiará durante a retomada da demanda no segundo semestre deste ano”, disse John Rodgerson, CEO da Azul.

Confira mais na tabela abaixo: