Bandeirante da FAB transporta vacinas e insumos médico-hospitalares para cidades do sul do país

Uma aeronave C-95 da Força Aérea Brasileira (FAB) transportou, neste domingo (19/04), vacinas contra influenza e insumos médico-hospitalares para cidades da região Sul.

O avião do Esquadrão Pégaso (5º ETA), carregado com testes de COVID-19, luvas, viseiras de proteção facial, seringas e máscaras, decolou da Ala 3 – Base Aérea de Canoas (RS) às 9 horas (horário de Brasília).

A primeira parada do FAB 2291 foi na cidade de Santo Ângelo (RS), onde pousou às 10h05 e descarregou parte do material. 

Depois, aterrissou no município de São Miguel do Oeste (SC), às 11h05, e desembarcou o restante dos insumos.

Às 13h25, o C-95 pousou de volta na Ala 3 e recebeu novo carregamento. De Canoas seguiu para a Base Aérea de Florianópolis (SC) e, após, para Curitiba (PR), localidades que receberam material para o combate à COVID-19.

Um dos pilotos da aeronave, Tenente Aviador Marcus Giovany de Aviz Santos, disse que a missão foi cumprida com êxito e que, como tripulante, sentiu-se honrado em poder participar do transporte. “Nossas tripulações jamais irão descansar enquanto houver um brasileiro necessitando de ajuda”, acrescentou.

 

Operação COVID-19


O Ministério da Defesa ativou, em 20 de março, o Centro de Operações Conjuntas para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas no combate à COVID-19.Nesse contexto, foram ativados dez Comandos Conjuntos, que cobrem todo o território nacional, além do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), de funcionamento permanente. A iniciativa integra o esforço do Governo Federal no enfrentamento à pandemia e recebeu o nome de Operação COVID-19.

 

Fotos: Tenente Vilar / 5º ETA; Aspirante Trindade / CINDACTA II; Suboficial Seelig / BAFL; Civil Airton Correa

Via – Força Aérea Brasileira

DEIXE UMA RESPOSTA