Foto - Belavia

A companhia aérea Belavia, da Bielorrussa, um assinou contrato para três jatos regionais Embraer 195-E2 re-engined, expandindo suas operações com a família E-Jet.

O primeiro avião será entregue em dezembro deste ano, através de um contrato de arrendamento com a AerCap, que entregará as outras duas aeronaves à Belavia em março-abril de 2021.

“Com a introdução das aeronaves mais avançadas da Embraer, a Belavia desfrutará de custos operacionais e versatilidade aprimorados”, diz o presidente e diretor comercial Philip Scruggs.

A Belavia, com sede em Minsk, já possui sete aviões E195 em sua frota, além de quatro dos E175.

O E195-E2 é a maior aeronave comercial já produzida pela Embraer, com capacidade para até 146 passageiros, e faz parte da nova geração de aviões comerciais da empresa, os E-Jets E2, que conta com dois outros modelos.

Além desse acréscimo de assentos, o E195-E2 não cobra nada a mais em consumo para oferecer essa capacidade extra, ao contrário, ele proporciona uma economia de combustível na ordem de 15% comparando com a geração anterior e uma redução de custo de transporte por assento ainda maior, de 26%, devido ao maior espaço interno.

 

DEIXE UMA RESPOSTA