Antonov An-124 em Belém
Foto: Infraero/Divulgação

O astro está de volta! O Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans (PA) recebeu, nesta quarta-feira (3/3), mais um pouso com a segunda maior aeronave cargueira em operação no mundo, o Antonov An-124.

Proveniente da Austrália, o voo chegou à capital paraense às 17h com equipamentos que serão transportados em carretas para o interior do Pará, após passar por 11 cidades.

Essa é a terceira de quatro operações cargueiras de grande porte em Val-de-Cans, que contou com o planejamento da Infraero e do Terminal de Cargas de Belém (Teca) – administrado pelo Grupo Porto Seco Centro-Oeste.
 
Para receber a aeronave ucraniana, que tem 73 metros de envergadura por 69 metros de comprimento e 21 metros de altura, a Infraero coordenou um planejamento operacional diferenciado, que foi autorizado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

As aeronaves, por exemplo, serão orientadas por caminhonetes Follow Me, que auxiliam o comandante da aeronave a circular pelas pistas de taxiamento até o pátio onde a aeronave poderá ser descarregada.

No local, a operação contará com carretas transportadoras, cujo acesso se dará por meio de credenciamento e supervisão da equipe de operações da Infraero e do Teca.
 
“O planejamento de uma operação gigantesca, em quatro etapas, com destino ao Aeroporto de Belém, mostra a dimensão da credibilidade que a Infraero tem junto aos operadores aéreos. É um orgulho poder entregar um serviço de excelência, transformando o nosso terminal, por duas semanas seguidas, numa verdadeira terra de gigantes”, destacou o superintendente do aeroporto, Fábio Rodrigues.
 
De acordo com a assessora comercial e coordenadora da operação do Terminal de Cargas, Vanessa Palheta, a “comunicação com o cliente, a parceria com a administração aeroportuária da Infraero, a liberação pelos órgãos anuentes, bem como toda a estrutura e equipe do Terminal de Cargas para a armazenagem, fazem com que todo planejamento seja realizado de forma segura”, destacou.
 
O Aeroporto Internacional de Belém já recebeu os dois modelos de aeronaves em anos anteriores. Em junho de 2015 recebeu o Antonov An-124, em setembro 2017, recebeu o 747-400.