Blue Air, da Romênia, agora está em processo de Recuperação Judicial

A Blue Air, uma companhia Low Cost que opera na Romênia, é mais uma que está entrando em Recuperação Judicial nesta crise. Nesta segunda-feira (06/07) o pedido foi aprovado pelo tribunal municipal de Bucareste, e dá 18 meses para a companhia se reformular.

A Recuperação Judicial permite que a companhia tenha algumas vantagens para se reerguer neste período. A Blue Air não precisa pagar todos os credores ou reembolsar passagens pelos próximos 18 meses.

Além disso, as dívidas são negociadas na justiça, e pagas de acordo com a capacidade da empresa alinhada com a geração de receita. Lembrando que praticamente todas as companhias europeias foram duramente afetadas pela pandemia de COVID-19.

“Nós, da Blue Air, estamos determinados a honrar todos os nossos compromissos e pagar todas as nossas dívidas. Contamos com o apoio de nossos parceiros e com a confiança e respeito mútuo que construímos ao longo de nossa colaboração e estamos tomando todas as medidas necessárias para continuar operando”.

Em abril o governo romeno anunciou que havia aprovado uma ajuda de € 130 milhões (US$ 147 milhões) a Blue Air e a transportadora estatal TAROM. Não está claro como o dinheiro foi dividido entre as duas companhias aéreas.

A Blue Air suspendeu as operações em março, devido a Pandemia. Cerca de 90% dos funcionários da companhia aérea foram demitidos temporariamente em abril.

A companhia agora está aos poucos recuperando os voos, operando alguns poucos voos regulares em junho, e com uma malha significativa em julho. Ao todo a companhia opera agora para 29 destinos, mas espera finalizar o mês voando para 50 destinos.


Antes da crise a Blue Air operava voos para 100 destinos em 20 países. Incrivelmente esses voos eram operados por somente 18 aviões Boeing 737 NG.

 

DEIXE UMA RESPOSTA