Amazon Prime Air Boeing 737-800BCF Cargo

Após o anuncio das novas encomendas de 12 Boeings 737-800BCF (Boeing Converted Freighter), por parte da BBAM, a Boeing tem agora mais de 150 pedidos firmes para o cargueiro. 

Desde o inicio da pandemia de Covid-19, a demanda cresceu de forma inesperada e com isso diversos aviões de passageiros tiveram de ser adaptados para levar cargas. Impulsionada pelo transporte de suprimentos para combater o vírus, o mercado de cargas aéreas abriu novas opções de aeronaves.

A Boeing criou uma unidade para converter aeronaves de passageiros em cargueiros, a mais recente mudança foi no Boeing 737-800. Apesar de ser uma aeronave muito presente na frota das companhias aéreas, o 737-800 agora tem um papel muito importante para aumentar a produtividade do mercado de cargas.

O modelo tem uma boa relação custo-benefício e um bom espaço para levar cargas em sua antiga cabine de passageiros. Hoje em dia é comum ver 737s da versão Classic operando como cargueiros, a opção pelo NG garante a Boeing uma vasta presença nesse tipo de mercado. 

Além do aumento dos pedidos da BBAM de 3 para 15 aeronaves, outra gigante do leasing de aeronaves fez novos pedidos. A GECAS firmou um compromisso com a fabricante americana para aquisição de 50 Boeings 737-800BCF.

“Estamos honrados que o BBAM tenha selecionado mais 737-800BCFs, com base no sucesso de nossos cargueiros de carroceria padrão em seu portfólio … A forte demanda contínua pelo 737-800BCF demonstra o papel crítico que esses cargueiros convertidos desempenham no crescente expresso e e -mercado de comércio.”  Disse a Boeing.

Para dar conta de tamanhos pedidos, a Boeing vai abrir mais unidades de conversão, localizadas em Guangzhou e Cingapura. A linha de conversão em Cingapura ficará com as conversões nos Boeings 767.

Segundo a Boeing, o 737-800BCF tem um 20% mais de eficiência em relação aos cargueiros 737 Classic. Com o processo de conversão, as companhias aéreas poderão dobrar a vida útil dos 737NG, sendo feito todo o processo de conversão em 90 dias.

A conversão também pode garantir as companhias aéreas vender suas aeronaves 737NG para as empresas de leasing. A medida que o 737 MAX está retornando aos céus, a tendência é que o novo avião fique no lugar do 737NG pouco a pouco.

O 737-800BCF é a menor aeronave cargueira oferecida pela Boeing atualmente, a fabricante oferece opções como o 767, 777 e maiores como na versão 747-8. Garantindo assim uma ampla vantagem sobre a Airbus, que oferece apenas o A330-200F, e agora iniciando o processo para o A321.

DEIXE UMA RESPOSTA