Boeing 737 MAX já teve 313 pedidos cancelados em 2020

737 MAX
Foto - Divulgação/Boeing

Novos dados divulgados pela Cirium apontam que as principais fabricantes de aeronaves sofreram quase 400 cancelamentos até agora, com destaque especial para o 737 MAX.

A Cirium apontou que o 737 MAX corresponde por 80% dos cancelamentos de encomendas em 2020, são cerca de 313 aviões que deixarão de ser fabricados.

A aeronave mais próxima do 737 MAX em termos de cancelamento é a família A320, com 29 encomendas canceladas.

Antes da crise a Boeing tinha aproximadamente cerca de 4000 encomendas firmes para o 737 MAX.

Veja mais na tabela abaixo:

Os dados contabilizam os cancelamentos até o mês de maio, sem levar em conta ainda os dados do mês de junho, visto que as empresas ainda vão lançar atualizações sobre o mês anterior.

Os dados da Cirium mostram que os dois fabricantes garantiram pedidos brutos para 423 aeronaves este ano, incluindo 58 para a Boeing e 365 para a Airbus. Essa contagem inclui derivativos militares.


Os dados ainda mostram que a Boeing sofreu 322 cancelamentos e a Airbus mais 66 pedidos cancelados.

 

DEIXE UMA RESPOSTA