Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

Arte digital do novo VC-25B, "Força Aérea Um". Via Air Force Magazine.

A Boeing iniciou uma investigação interna para apurar um incidente com duas garrafas vazias de tequila encontradas em uma das duas unidades do futuro Air Force One (VC-25B) em construção, na planta de San Antonio, no Texas.

Atualmente, os futuros jatos presidenciais dos Estados Unidos são considerados pela Boeing como “prioridade nacional”, o que intriga o fato de como as garrafas foram parar na aeronave, pois todos os funcionários envolvidos nas modificações no Boeing 747-8 precisam de autorizações especiais adicionais para trabalhar no avião militar.

Conforme o Wall Street Journal, a Boeing está levando a sério o ocorrido, já que o álcool é estritamente proibido nas instalações da Boeing, além disso, existem clausulas no contrato firmado entre a Boeing e a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) que exige que o fabricante norte-americano atenda aos rigorosos requisitos de controle de qualidade.

Segundo um porta-voz da Boeing, o assunto é tratado como “um assunto pessoal”.

DEIXE UMA RESPOSTA