Boeing amplia o uso de energia renovável para alimentar suas operações

A Boeing está promovendo sua promessa de fornecer energia aos locais de trabalho e instalações de fabricação usando eletricidade 100% renovável com um novo contrato multi-estadual para comprar energia neutra em carbono para sua sede em Chicago, juntamente com outras unidades em Illinois, Indiana, Ohio e Pensilvânia.

“Este anúncio é outro passo importante na iniciativa da Boeing de reduzir a pegada de carbono de nossas operações, adquirindo mais eletricidade neutra em carbono nos Estados Unidos”, disse o diretor de sustentabilidade da Boeing, Chris Raymond. “Essas ações refletem o compromisso da Boeing em inovar e operar para tornar a palavra melhor.”

A Boeing vem expandindo constantemente suas compras de energia renovável nos Estados Unidos. Este acordo deixa a Boeing mais perto de atingir suas metas ambientais para 2025, que incluem a redução das emissões de gases de efeito estufa em 25%. O contrato beneficiará a Boeing ao diminuir as emissões de dióxido de carbono em cerca de 50.200 toneladas métricas por ano – equivalente à quantidade de dióxido de carbono produzida pelo consumo de 5,6 milhões de galões de gasolina.

“Ao celebrarmos o Mês de Conscientização de Energia dos EUA, estamos entusiasmados em demonstrar que a energia confiável e renovável para abastecer nossas fábricas e locais de trabalho é uma solução sustentável para o meio ambiente”, disse Beth Schryer, vice-presidente de Boeing Facilities & Asset Management.

A eletricidade neutra em carbono será distribuída para vários locais da Boeing, incluindo a sede da empresa em Chicago, bem como na Filadélfia e em Heath, Ohio. Esses locais irão se juntar a vários outros da Boeing no uso de eletricidade neutra em carbono, incluindo locais no estado de Washington, Oregon, Carolina do Sul e Arizona, bem como vários locais no Texas – Houston, Richardson, Dallas e Coppell.

A sede da Boeing, que se beneficiará deste plano, já alcançou a mais alta classificação LEED (Liderança em Energia e Projeto Ambiental) Platinum, o sistema usado pelo US Green Building Council para medir a sustentabilidade e eficiência de recursos de um edifício.

A Boeing ocupa a 17ª posição entre as Fortune 500 em seu uso de energia renovável na lista de parceiros da Green Power Partnership Fortune 500 da Agência de Proteção Ambiental dos EUA.  


A Boeing nomeou recentemente Raymond como seu primeiro diretor de sustentabilidade para aumentar os esforços em direção à gestão ambiental, progresso social e governança baseada em valores que farão do mundo um lugar melhor. Todos esses elementos são essenciais para os negócios da Boeing e abrangem seu pessoal, produtos, serviços, comunidades e operações.  

A Boeing é fornecedora de aviões comerciais, sistemas de defesa, espaço e segurança e serviços globais. Como um dos principais exportadores dos EUA, a empresa oferece suporte a clientes comerciais e governamentais em mais de 150 países. Com base em um legado de liderança aeroespacial, a Boeing continua a liderar em tecnologia e inovação, atendendo seus clientes e investindo em seu pessoal e crescimento futuro.

 

Via: Boeing

DEIXE UMA RESPOSTA