Boeing 737 MAX FAA
Foto: Boeing/Divulgação

A Boeing lançou uma previsão apontando que a região da Ásia-Pacífico precisará de 244000 novos pilotos comerciais, ou 38%, dos pilotos necessários em todo o mundo.

Além disso, a Ásia representará cerca de 39% da demanda global por técnicos de manutenção, ou cerca de 249.000 novos funcionários nesta área. A região também representará 37% da demanda global por tripulantes de cabine, ou cerca de 323.000 pessoas.

Em particular, a Boeing observou que a demanda na China será “a mais significativa”. Dos 244.000 novos pilotos comerciais para a Ásia, a China precisará de 124.000. O Sudeste e o Sul da Ásia seguem, com 20% e 17% da demanda, respectivamente.

A China também lidera a demanda por técnicos e tripulação de cabine. As previsões para o número de técnicos de manutenção e de tripulantes de cabine são calculadas em cerca de 124.000 e 150.000, respectivamente.

A Boeing também está prevendo que, nos próximos 20 anos, as companhias aéreas de todo o planeta precisarão de 44.000 novas aeronaves. Cerca de 39% deles vão para transportadoras na região Ásia-Pacífico.

O fabricante afirma que sua previsão está atrelada às projeções de entrega da aeronave, levando em consideração a utilização da aeronave e os requisitos da tripulação.

 

Via – FlightGlobal

DEIXE UMA RESPOSTA