Boeing aposenta silenciosamente, e aos poucos, o nome 737 MAX

Boeing 737 MAX
Foto - Divulgação

É de consenso geral que a Boeing não precisa de mais holofotes para o 737 MAX, e muitas atitudes a Boeing está tomando sem divulgar mais informações.

Um detalhe curioso pode ser observado no último material de imprensa divulgado pela empresa. Além da novidade de uma encomenda para o MAX, a Boeing também alterou o nome do 737 MAX no próprio título.

O título diz, em inglês, “Enter Air to Purchase up to Four Boeing 737-8 Jets”. Neste trecho já notamos uma alteração significativa no nome da aeronave, que deixou de ser chamada de 737 MAX 8.

No primeiro parágrafo e no trecho citando Grzegorz Polaniecki, Diretor Geral da Enter Air, também podemos notar a alteração. O nome 737 MAX ainda está lá, mas somente para ninguém notar a mudança de nome.

Clique Aqui para ver o material direcionado à imprensa.

Por enquanto não há nenhum comunicado firme da Boeing sobre a mudança do nome 737 MAX. Contudo, o site norte-americano da Boeing ainda cita a aeronave como 737 MAX, mas os comunicados à imprensa estão mudando.

 

Em outras companhias

No início de todos os problemas com o 737 MAX, algumas companhias já haviam alterado o nome da aeronave nas fuselagens. Este é o caso da GOL Linhas Aéreas.


Antes de toda a crise com o avião, a GOL ostentava nas fuselagens uma citação direta ao modelo da aeronave. Na época, o MAX era (e ainda é) o mais moderno da frota, com a vantagem de economizar combustível e ter menor ruído.

Contudo, poucos dias após o acidente do 2º avião, a GOL já estava alterando a nomenclatura para 737-8, despistando a identificação do MAX. Veja nas fotos acima.

737 MAX

Em seu site a GOL citava o nome 737 MAX, como no print acima, contudo só existe a identificação 737-8 no atual momento.

 

DEIXE UMA RESPOSTA