A Boeing apresentou mais um conceito de mobilidade urbana nesta semana, esse é mais um conceito desenvolvido pela divisão Boeing NeXT, que atualmente tem auxílio da Aurora Flight Sciences, uma empresa comprada pela Boeing somente para desenvolver conceitos inovadores.

O veículo da foto acima é apenas um protótipo, mas ele conta com a capacidade de decolar e pousar na vertical, além disso sua propulsão é totalmente elétrica.

A pilotagem é feita de forma totalmente autônoma, por isso no primeiro voo da aeronave, que ocorreu no último dia 22 de janeiro, nenhuma pessoa estava a bordo. Os testes ocorreram nos arredores de Washington, DC.

O voo durou menos de um minuto, durante o qual a Boeing “testou as funções autônomas e os sistemas de controle de solo do veículo”.

O protótipo da aeronave mede 9,1 metros de comprimento e 8,5 metros de largura, com alcance de 80,5 km. Tem oito motores com hélices para operações de pouso e decolagem e uma hélice para voo de cruzeiro, de acordo com a Boeing.

A asa tem a envergadura curta, isso indica que os oito motores para operações de pousos e decolagens terão uma nítida função de gerar empuxo vetorado para manter a sustentação da aeronave durante um voo de cruzeiro.

Apesar deste veículo ser apenas um protótipo, podemos observar que a Boeing não planeja dar a finalidade de um versátil veículo urbano, como os conceitos da Airbus com a Italdesign (foto abaixo). Onde o veículo além de decolar e pousar na vertical, assumindo um voo planado, ainda tem a capacidade de trafegar como um carro comum, ideal para as ruas apertadas onde o conjunto de hélice pode atrapalhar no deslocamento.

Foto – Airbus

Os testes do protótipo da Airbus serão iniciados em 2019.

Além desse conceito a Boeing também está focando, através da Aurora, em projetos para a Uber e até em um protótipo já em funcionamento que transporta cargas como um drone (foto abaixo), e tem capacidade de até 200 kg, a Amazon já demonstrou interesse por esse tipo de drone para realizar entregas.