Chinook CH-47- Foto: Boeing

A Boeing atualizará todos os 17 helicópteros CH-47D Chinook da Espanha para a configuração do modelo F, adicionando recursos como o sistema de controle automático de voo digital, sistema comum de arquitetura aviônica e manuseio avançado de carga para alinhar a frota desse país com as de outras nações.

Este é o primeiro pedido feito por um cliente fora dos EUA através de um contrato que a Boeing e o Exército dos EUA assinaram em julho. Esse contrato cobre seis novos modelos F para os EUA e opções para até mais 150 Chinooks para clientes dos EUA e internacionais. As entregas para a Espanha começam em 2021.

“O Chinook é uma aeronave versátil pilotada por oito países da OTAN, incluindo a Espanha”, disse Chuck Dabundo, vice-presidente de Cargo and Utility Helicopters e gerente do programa H-47. “Com este contrato, os tripulantes da Chinook da Espanha aproveitarão a atual tecnologia e capacidade da plataforma, enquanto o país recebe uma atualização acessível que se baseia em seu investimento H-47”.

O CH-47F é um bimotor, rotor em tandem, helicóptero de carga pesada. Além do Exército dos EUA e das Forças de Operações Especiais, os Chinooks estão atualmente em serviço ou sob contrato com 19 forças de defesa internacionais. 

Esses helicópteros podem voar em velocidades superiores a 280 km/h e transportar cargas superiores a 9500 kg. Em 2017, a Boeing e o Exército dos EUA anunciaram o desenvolvimento do CH-47F Block II, que incorporará uma nova pá de rotor, sistema de combustível redesenhado, melhorias no sistema de transmissão e melhorias estruturais na fuselagem.