Boeing completa voos para a nova certificação do 737 MAX

Tripulantes durante um voo de certificação do 737 MAX, nesta quarta-feira.

A Boeing em conjunto com a Federal Aviation Administration (FAA) concluiu três dias de testes de voo no Boeing 737 MAX, trabalhando na certificação da aeronave com o novo sistema de voo.

“Durante três dias de testes nesta semana, pilotos e engenheiros da FAA avaliaram as mudanças propostas pela Boeing em conexão com o sistema de controle de voo automatizado da aeronave”, disse a FAA em 1º de julho. “Embora a conclusão dos voos seja um marco importante, várias tarefas importantes permanecem, incluindo a avaliação dos dados coletados durante esses voos.”

“A agência está seguindo um processo deliberado e levará o tempo necessário para revisar minuciosamente o trabalho da Boeing. Levantaremos a ordem de aterramento somente depois que os especialistas em segurança da FAA estiverem convencidos de que a aeronave atende aos padrões de certificação”, afirma o órgão regulador.

Foto – Divulgação/Boeing

Os voos de certificação estão entre as etapas finais antes da FAA emitir uma diretriz de aeronavegabilidade (AD) suspendendo a interrupção dos voos com o 737 MAX.

Ao todo a FAA deverá cumprir somente esses seis voos para certificar o 737 MAX, mas poderá solicitar mais voos, se desejar.

A Boeing disse que espera que o AD chegue a tempo de permitir a retomada das entregas do 737 MAXX no terceiro trimestre do ano.

A FAA no entanto segue com cautela no prazo, visto que precisa analisar diversos documentos sobre o novo sistema do MCAS, e também listar como será feito o treinamento de pilotos, antes de permitir voos comerciais com o 737 MAX.


 

DEIXE UMA RESPOSTA