Boeing confirma atraso na certificação e primeira entrega do 777X

A Boeing confirmou hoje (29/07) um atraso na primeira entrega do 777X, seu novo widebody que deveria iniciar voos comerciais em 2021. 

A nova aeronave da empresa está passando no momento por um programa de testes em voo, para a certificação em 2021, novo prazo previsto pela Boeing.

A primeira entrega do 777-9X deverá ocorrer agora em 2022. A Boeing também evitou em seu anúncio desta quarta-feira divulgar um possível cliente de lançamento da aeronave.

O Boeing 777X já acumula mais de 310 encomendas firmes, principalmente por companhias aéreas como a Lufthansa, Qatar e Emirates, sendo esta última a maior cliente da aeronave. 

O Boeing 777X conta com duas opções de aeronaves, a 777-8X é capaz de receber 350 assentos em configuração padrão de duas classes, seu alcance é de até 15000 km. Já o 777-9X, a maior variante da família T7 até hoje, será capaz de receber 450 passageiros em uma configuração de duas classes, com autonomia para 13200 km de voo.

O Boeing 777-9X tem 76,7 metros de comprimento, e aproximadamente 71 metros de envergadura.

Com quase 6 metros de largura internamente, o novo 777X será capaz de receber uma configuração com até 11 assentos por fileira na Classe Econômica, geralmente na distribuição 3-5-3.


 

DEIXE UMA RESPOSTA