Boeing 777X Aeronaves

A Boeing confirmou que realmente vai atrasar a primeira entrega do 777X, durante uma declaração de resultados financeiros do 4º trimestre de 2020.

Agora a primeira entrega do 777-9X será realizada somente no final de 2023, sendo que a certificação da aeronave pode acontecer em 2022. Esse é um atraso significativo, perto da meta da Boeing de entregar o primeiro avião em 2020, quando começou o projeto.

Recentemente o presidente da Emirates disse que a previsão era receber o avião somente em 2023, no que Tim Cock, presidente da companhia, disse na época ser a nova data prevista. 

“Deveria ser entregue em junho deste ano, depois passou para 2021, e depois para 2022. O programa de certificação do avião e do motor ainda não foi finalizado”, disse Tim Cook.

Boa parte do atraso será executado para permitir que o 777X passe por uma análise mais aprimorada das autoridades de segurança aeronáutica. A Boeing também está aproveitando esse momento para “lançar” o 777X em um momento de maior demanda, visto que poucas companhias aéreas precisam de um avião tão grande neste momento.

As primeiras unidades de produção em série já foram fabricadas, e as companhias devem receber pouco após a certificação do avião. Ao todo são quase 320 encomendas para o 777X, o maior avião de passageiros de andar único.

A Emirates deve acompanhar a Lufthansa como as companhias aéreas de lançamento do Boeing 777X, sendo que outras aéreas que encomendaram o mesmo avião só planejam receber a aeronave a partir de 2025.