Boeing entregou apenas 20 aviões comerciais no 2º trimestre de 2020

Boeing

A Boeing anunciou hoje (14/07) as suas entregas nas divisões comercial e de defesa no 2º trimestre de 2020.

De acordo com a empresa, a fabricante entregou apenas 20 aviões no 2º trimestre, uma média de 6,6 aviões por mês. No acumulado do ano a Boeing já entregou 70 aeronaves, uma queda de 28,5% em relação à 2019, e 177% em relação a 2018.

A principal concorrente da Boeing, a Airbus, entregou 196 aviões no acumulado do ano até o momento. O problema da Boeing continua sendo o 737 MAX, que é fabricado, mas não pode ser entregue para as companhias.

Além disso, a Boeing teve interrupções na linha de montagem de Everett e Renton ao longo do 2º trimestre, devido à pandemia de coronavírus, que também afetou as entregas e gerou diversos cancelamentos de encomendas.

As principais entregas durante o segundo trimestre foram as seguintes:

 

Principais Programas

2.º trimestre de
2020


 

Exercício até
2020

 
      

Programas de Aviões Comerciais

    
 

737

4 (Todos NG)

 

9

 
 

747

1

 

1

 
 

767

4

 

14

 
 

777

4

 

10

 
 

787

7

 

36

 

Total

20

 

70

 
      

Programas de Defesa, Espaço e Segurança

    
 

AH-64 Apache (novo)

9

 

11

 
 

AH-64 Apache (Remanufaturado)

18

 

32.

 
 

C-40A

 

 
 

CH-47 Chinook (novo)

6

 

15

 
 

CH-47 Chinook (renovado)

 

1

 
 

F-15

3

 

3

 
 

F/A-18

4

 

9

 
 

KC-46 Tanker

1

 

6

 
 

P-8

3

 

6

 
 

Satélites comerciais e civis

 

 
 

Satélites militares

 

 
      

DEIXE UMA RESPOSTA