No início de julho publicamos uma notícia sobre a conclusão da montagem do 1º Boeing 777-9X da Emirates, uma aeronave de série. E agora parece que a Boeing acelerou a produção e fabricou mais um avião, também direcionado para a Emirates.

Embora a Emirates não especifique qual estrutura é retratada na unidade de produção Everett da Boeing, a fuselagem do widebody possui um grande cartaz que diz: “Construindo orgulhosamente o segundo 777-9 para a Emirates”.

Nas fotos divulgadas pela companhia aérea podemos notar as primeiras cores da empresa, localizadas nas pontas das asas, que se dobram quando o avião está no pátio do aeroporto.

A companhia deve receber seu primeiro Boeing 777-9X em janeiro de 2021 e o segundo um mês depois.

A Emirates possui uma encomenda para 150 aeronaves da família 777X, compreendendo 115 aviões 777-9 e 35 do modelo 777-8, de menor comprimento.

 

Alterações nas encomendas

A companhia aérea com sede em Dubai ainda negocia uma alteração da sua encomenda do 777X, passando uma parte das 150 aeronaves encomendadas para o modelo 787 Dreamliner.

A Emirates já negociou anteriormente uma encomenda para 40 aviões 787-10 Dreamliner, mas as negociações não fluíram, e o 787-10 ficou só em um anúncio da empresa em 2017, que optou por uma mescla de aeronaves A330neo e A350XWB.

Tim Clark, CEO da Emirates, não confirmou se a companhia aumentou seu interesse pelo 787-10 devido a um incremento de desempenho, que a Boeing realizou para a Air New Zealand.

Na frota da Emirates, o 777X é uma boa opção para substituir o A380, ao mesmo tempo que poderia substituir o 777-300ER no futuro. Talvez a Emirates opte por utilizar o 777-9X somente para substituir o A380.

DEIXE UMA RESPOSTA