A montagem dos próximos aviões Boeing 737 MAX 8 da GOL já estão agilizadas, o terceiro avião da frota da companhia, o PR-XMC, já iniciou os testes em voo, nas instalações da Boeing localizadas na costa oeste dos EUA.

Após o primeiro voo a fabricante costuma realizar mais quatro ou cinco voos de testes, finalizando com um voo de aceitação da companhia aérea e logo após o translado do avião para o Brasil.

A expectativa é que esse PR-XMC esteja na frota da GOL até novembro.

Além disso a Boeing também está adiantando os testes em solo do PR-XMD, que já está totalmente montado, outro avião, o quinto 737 MAX 8 da GOL está na linha de montagem final da Boeing, aguardando receber os motores e a pintura (foto abaixo).

Todas as fotos são de Chris Edwards/Woodys Aeroimages, diretamente do seu perfil no Twitter.

 

O Boeing 737 MAX da GOL

O Boeing 737 MAX 8 da GOL é equipado com 186 assentos no total, com cabeceira e fabricados pela RECARO. A reclinação é padrão do mercado nacional.

Os assentos ainda estão equipados com as portas USB individuais, que já podemos encontrar em assentos desse modelo nos 737 NG da GOL. Na classe GOL Premium o cliente vai encontrar essas entradas USB abaixo do seu assento, como uma forma de deixar mais acessível e de menor incomodo.

A GOL reforçou anteriormente que o novo 737 MAX é até 15% mais econômico em comparação com suas aeronaves 737 NG mais recentes. Além de gastar menos combustível as aeronaves 737 MAX 8 contam com uma maior autonomia de voo, de até 6500 km (em comparação aos 5500 km atuais) e um MTOW de até 82 toneladas.

A expectativa é, também, gastar até 8% menos de combustível por assento em relação ao modelo A320neo, utilizado pelas concorrentes. O 737 MAX também é mais silencioso, com ruído 40% menor quando comparado ao atual 737 NG.

 

Encomendas

A GOL tem 135 encomendas atualmente para a família Boeing 737 MAX, sendo que 30 aviões são do modelo 737 MAX 10, e os restantes do modelo 737 MAX 8. As entregas vão ocorrer até 2027.