Boeing planeja anunciar demissão de funcionários nesta semana

Foto - Boeing

A Boeing deve anunciar ainda nesta semana um grande corte de empregos nos EUA, depois de divulgar no mês passado que planeja demitir 10% de sua força de trabalho mundial de 160.000 funcionários, de acordo com um sindicato.

O sindicato SPEEA disse que cerca de 1.300 de seus membros se inscreveram para fazer demissões voluntárias, através de LNRs e aposentadorias.

A Boeing disse aos líderes sindicais que pretende demitir de 15 a 20% dos trabalhadores de suas unidades de produção em Washington e na Carolina do Sul, bem como engenheiros que trabalham em projetos de novas aeronaves.

A empresa já aprovou separações voluntárias de 5.520 trabalhadores. E na primeira rodada desta semana deve notificar outros 6770 de suas demissões.

Ainda não há um número exato de demissões da Boeing que devem ocorrer nos EUA, mas as estimativas apontam que a Boeing pode demitir 12000 pessoas, das 16000 que planeja cortar do seu quadro de funcionários.

As demissões são uma adequação da Boeing à baixa demanda por novas aeronaves, visto que praticamente todas as companhias aéreas do mundo estão operando com frota reduzida, e com poucos voos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA