A Boeing anunciou hoje que recebeu um pedido firme da Flyadeal para até 50 aviões da família 737 MAX. O negócio engloba uma encomenda firme para 30 aviões, com valor total de US $ 5,9 bilhões considerando o preço de lista, e opções de compra para mais 20 aeronaves.

A Flyadeal, uma subsidiária da Saudi Arabian Airlines, oferece voos de baixo custo dentro da Arábia Saudita.

Durante o ano a companhia aérea conduziu um processo de avaliação para encomendar 50 aviões do tipo narrowbody, como forma de apoiar o crescimento interno e a potencial expansão internacional.

Por enquanto a Flyadeal opera com aviões Airbus A320, a companhia aérea afirma ter selecionado o 737 MAX para o futuro.

Ainda nesta sexta-feira a Boeing assinou um termo de compromisso com a Green Africa Airways para até 100 aviões da família 737 MAX, sendo 50 pedidos firmes e mais 50 opções de compra. O valor total do contrato é de US$ 11,7 bilhões.

A Green Africa Airways é uma companhia aérea de baixo custo com sede em Lagos, na Nigéria, e está encomendando essas aeronaves visando uma expansão das suas operações no território do continente africano.

Todas essas encomendas serão incluídas nos dados financeiros do 4º trimestre de 2018, que será divulgado pela companhia em breve.

Dessa forma a família Boeing 737 MAX já acumula quase 5000 pedidos firmes, provenientes de mais de 100 clientes em todo o mundo.