Boeing recebe encomenda para mais 75 aviões 737 MAX

Ryanair 737 MAX
Boeing 737 MAX 200 nas cores da Ryanair.

A Ryanair realizou hoje (03/12) uma encomenda adicional para mais 75 aviões Boeing 737 MAX, a primeira após a aeronave sair do seu período de paralisação das operações de voos comerciais.00

A grande encomenda da Ryanair aumentou seu total de pedidos para 210 aviões Boeing 737 MAX, sendo boa parte deles para a versão especial 737 MAX 200, basicamente uma fuselagem de 737 MAX 8 com capacidade para mais 8 passageiros, totalizando 197 assentos.

Além dessas vantagens, a grande atratividade do 737 MAX 200 é a diminuição de 20% dos custos por cada passageiro transportado, em comparação com o 737-800.

Os líderes O’Leary da Ryanair juntaram-se à equipe da Boeing para uma cerimônia de assinatura em Washington, DC. Ambas as empresas reconheceram os impactos do COVID-19 no tráfego aéreo no curto prazo, mas expressaram confiança na resiliência e na força da demanda de passageiros a longo prazo.

“Assim que o vírus COVID-19 retroceder – e provavelmente acontecerá em 2021 com o lançamento de várias vacinas – a Ryanair e nossos aeroportos parceiros em toda a Europa irão – com essas aeronaves ambientalmente eficientes – restaurar voos e horários rapidamente, recuperar o tráfego perdido e ajudar as nações da Europa a recuperar suas indústrias de turismo e fazer com que os jovens voltem a trabalhar nas cidades, praias e resorts de esqui da União Europeia”, disse O’Leary.

A Ryanair já é conhecida por ser uma companhia aérea cliente do programa Boeing 737. Atualmente a companhia tem cerca de 450 aviões Boeing 737-800, realizando voos de baixo custo a partir de cidades europeias.

No pedido realizado atualmente há opções para converter encomendas para o 737 MAX 10, maior avião do modelo Boeing 737 já construído, com capacidade para até 230 passageiros, ou seja, 33 a mais em comparação com o 737 MAX 200.


A companhia está esperançosa de conseguir operar o avião no inicio de 2021, entretanto o avião ainda precisa passar pela certificação mesmo depois da nova certificação de voo do 737 MAX.  

 

DEIXE UMA RESPOSTA