Boeing utiliza três aviões 747 Dreamlifter para transportar EPIs para a Carolina do Sul

A Boeing concluiu hoje (11/05) outro conjunto de missões de transporte aéreo no âmbito da COVID-19, implantando três aeronaves Dreamlifter para transportar mais de 150.000 óculos de proteção e máscaras faciais da China para os Estados Unidos

A Boeing trabalhou em parceria com a Universidade Médica da Carolina do Sul (MUSC) para fornecer o equipamento de proteção individual (EPI) aos profissionais de saúde da linha de frente no sistema MUSC.

“A entrega de hoje coloca equipamentos essenciais de proteção pessoal nas mãos dos profissionais de saúde da linha de frente da Carolina do Sul e ajuda o MUSC a apoiar ainda mais a comunidade durante a pandemia do COVID-19″, disse o presidente e CEO da Boeing, Dave Calhoun

“Estou incrivelmente orgulhoso dos membros da nossa equipe da Boeing em todo o mundo por seu trabalho para ajudar a impedir a disseminação do COVID-19 e agradecido por nossos parceiros do governo e da indústria que se juntaram a nós na resposta à pandemia”.

Como nas outras missões, nesta o Dreamlifter transportou toda a carga nos porões da aeronave, enquanto o Boeing 787 voou com a carga na cabine principal e também nos porões.

O Dreamlifter é uma versão do Boeing 747-400 convertida para voar como cargueiro que transporta fuselagens do Boeing 787, entre as instalações da Boeing nos Estados Unidos.

A Boeing doou o custo do transporte da missão, com a Atlas Air operando os voos em nome da Boeing. A Boeing agendou voos adicionais para entregar um total de 400.000 unidades de EPI à MUSC, em um futuro próximo.


 

Via: Boeing

DEIXE UMA RESPOSTA