Boeing vai abrir mais linhas de conversão de aviões para cargueiros na Ásia

A demanda pelo transporte de cargas cresce cada vez mais pelo mundo, e pensando nisso a Boeing vai abrir mais bases para conversão de aeronaves em cargueiras. As duas linhas de conversão serão na Ásia, e serão voltadas para aeronaves Boeing 737-800 e 767-300.

A primeira delas será exclusivamente para o 767, que será na nas instalações da ST Engineering em Cingapura. A previsão de inauguração é para este ano ainda segundo a fabricante. ST Engineering é um grupo de engenharia aeronáutica com sede em Cingapura que tem parceria com a Boeing.

“Temos orgulho de nossa parceria com a Boeing e, com a abertura de uma linha adicional no final deste ano, esperamos continuar a entregar conversões de cargueiros em tempo hábil e de qualidade”, disse o presidente da ST Engineering, Lim Serh Ghee.

A decisão da Boeing vai além da demanda que está crescente, mas também em relação as outras linhas de conversão de 767. Estas estão atingindo o máximo de suas capacidades para conversão, podendo assim atrasar as entregas.

A segunda linha será voltada para a ‘nova’ aeronave cargueira, o Boeing 737-800. O modelo tem ganhado cada vez mais espaço nos pedidos das companhias aéreas para converte-lo em cargueiro. A sua boa capacidade de cargas e permitindo operar em Aeroportos menores torna o 737 uma excelente opção.

A nova linha será em Guangzhou, no local da Guangzhou Aircraft Maintenance Engineering Company Limited (GAMECO). Porém a inauguração dessa linha é para 2021.

“A adição da nova linha de produção demonstra nossa capacidade de responder rapidamente às tendências e requisitos do mercado e é uma prova da habilidade e profissionalismo de toda a equipe GAMECO-Boeing.”


As conversões do modelo 737-800 começaram em 2018 e rapidamente conseguiram atrair as grandes empresas cargueiras. Esta é uma opção mais viável ao 737-400 que também é muito utilizado para o transporte de cargas, no Brasil é utilizado pela Sideral e a Modern.

Até o momento a Boeing recebeu 134 pedidos de companhias aéreas para a conversão da aeronave. Desses pedidos, dois são de empresa não divulgadas feito em 20 de setembro. 

O programa de conversão de cargueiros é uma maneira excelente de dobrar a vida útil de um avião e fornecer aos operadores uma maneira econômica de substituir cargueiros menos eficientes.  Ao trabalhar com nossos parceiros para adicionar capacidade de conversão de cargueiros, esperamos atender à forte demanda neste segmento de mercado e ajudar nossos clientes a escalar suas operações”, disse Ihssane Mounir, vice-presidente sênior de Vendas Comerciais e Marketing da Boeing.

 

DEIXE UMA RESPOSTA