A Boeing vai compartilhar sua visão do futuro das viagens aéreas e espaciais na Farnborough Airshow que acontece de 16 a 22 de julho de 2018, na Inglaterra.

De jatos de passageiros hipersônicos e táxis voadores não tripulados, a Boeing apresentará ideias de inovação que revolucionará a forma como os seres humanos viajam pelo mundo e pelo espaço.

A Boeing apresentará, também, seu portfólio de produtos comerciais e de defesa e seu  portfólio de serviços. Esta abordagem “Uma Boeing Única” fez com que a Boeing tivesse uma ordem de pedidos dos produtos comerciais, defesa e de seus serviços muito forte este ano.

“A Boeing está abrindo caminho para a inovação com a visão clara de que ‘o futuro é construído aqui’. Chegamos aqui em Farnborough confiantes com um ano excepcionalmente consistente e forte e faremos isso no primeiro aniversário da nossa área de negócios de Serviços. Estamos empolgados em destacar essas tecnologias futuras, bem como nossas principais ofertas de produtos, com uma nova exposição exclusiva que será aberta durante todo o show”, afirmou Dennis Muilenburg, presidente, chairman e CEO da Boeing.

Os visitantes poderão participar de uma atividade de imersão em um grande teatro de 360 graus ou embarcar em aeronaves de última geração por meio de dispositivos de realidade virtual e mista. A exposição interativa mostrará a mais recente família de aeronaves e serviços da Boeing e oferecerá aos visitantes uma visão inicial do que a empresa está desenvolvendo em seu segundo século de inovação aeroespacial. A exposição (P7) estará localizada em frente ao Corredor 1.

 

Acompanhe todos os detalhes do Farnborough Airshow aqui no Portal Aeroflap, com nossa cobertura ao vivo do evento.

 

Exibições de voo e estáticas

Foto – Boeing

No aeródromo, o 737 MAX 7, que deverá entrar em serviço em 2019, fará sua estreia no ar com exibições aéreas de 16 a 19 de julho. Alguns avanços tecnológicos permitem que o MAX 7 voe 1.000 milhas náuticas mais longe e transporte mais passageiros do que seu antecessor, o 737-700, mas com um custo de combustível por assento 18% menor.

Outra exibição aérea da Boeing será com um 787-8 da Biman Bangladesh, destacando as capacidades inovadoras que fizeram o 787 ser extremamente popular com as companhias aéreas e passageiros. Desde 2011, quase 700 Dreamliners foram entregues às companhias aéreas, levando mais de 250 milhões de pessoas e economizando 33 bilhões de dólares em combustível.

Outras aeronaves comerciais em exibição na feira incluem um Air Italy 737 MAX 8, um Qatar Airways 777-300ER, os cargueiros da CargoLogicAir e Qatar Airways do modelo 747-8, e um Boeing 767 da Royal Air Maroc, que estará na Cargo Village de 16 a 18 de julho. A Boeing também estará na Cargo Village para mostrar a família de cargueiros da Boeing.

O Departamento de Defesa dos EUA deverá exibir várias plataformas da Boeing: o helicóptero de ataque AH-64 Apache, o helicóptero de transporte pesado CH-47 Chinook, o caça multimissão F/A-18F Super Hornet, o F-15E Strike Eagle e o avião de transporte militar C-17 Globemaster.