Boeing 737 MAX

A Boeing e o grande conglomerado indiano Tata estão firmando uma parceria de longo prazo para a produção de mais componentes na Índia.

As duas empresas na Índia a partir da Tata Boeing Aerospace (TBAL), que será responsável inicialmente estabilizadores verticais para o Boeing 737 MAX. 

A primeira instalação de produção será localizada nas proximidades de Hyderabad. A TBAL já está ativa, e atualmente produz estruturas para o helicóptero de ataque AH-64.

A Boeing observa que o estabilizador vertical é uma estrutura complexa e que a nova linha de montagem usará muito de robótica e automação. Provavelmente essa mudança da produção para os EUA inclui uma grande redução de custos.

Foto: Getty Imagens

“A expansão de nossas capacidades de fabricação de aeroestrutura com a nova linha de produção para fornecer estabilizadores verticais para os 737 é outro marco em nossa colaboração com a Boeing”, disse o executivo-chefe da TASL, Sukaran Singh.

A montagem final do 737 MAX continua sendo realizada em Renton, próximo de Seattle e no oeste dos Estados Unidos.