Boeing 747 Lufthansa
Foto: Simple Flying

A Boeing realizou a venda de um 747-8 na versão de passageiros para um cliente não identificado. Esta aeronave estava estocada no deserto de Mojave, com parte da pintura da Lufthansa. A companhia alemã deveria receber esse avião, entretanto nunca chegou a operar por ela.

Para se ter um Boeing 747-8 agora é somente retirando da estocagem, já que agora a fabricante americana não recebe mais pedidos para o jumbo. A Atlas Air foi a última companhia aérea a fazer uma encomenda para aviões novos de fábrica.

Este Boeing 747-8 deveria ter recebido a matrícula da Lufthansa D-ABYE há cerca de 10 anos. Após não ser recebido pela Lufthansa, a aeronave retornou para o controle da Boeing com uma matrícula provisória, N6067U. Atualmente está com a matrícula também americana N828BA.

Ainda não se sabe para onde vai esse belíssimo avião, nem se quer o país onde vai operar, os dados do comprador não foram revelados. Agora com um novo dono, deverá passar por inúmeros testes para saber a integridade dos motores e também da fuselagem, bem como os sistemas da aeronave.

O fim da era dos quadrimotores está chegando ao fim, apesar de vermos alguns ainda em plena operação a tendência é que cada vez mais as companhias deem preferência aos bimotores.