Boom quer lançar projeto de avião supersônico que substitui o Concorde neste ano

A Boom Supersonic, uma empresa que planeja fazer um avião supersônico substituto do Concorde, declarou recentemente que vai apresentar um novo avião.

Com isso a Boom se comprometeu a apresentar em outubro deste ano o seu novo protótipo, que começou a ser montado no 2º trimestre de 2020. A aeronave não voará ou executará testes de voo supersônicos até 2021.

Esta pequena aeronave será utilizada para testar e refinar o design final das aeronaves comerciais da Boom, chamada de Overture, que devem entrar em serviço em meados da década de 2020.

A foco da empresa é construir um avião que permita viagens supersônicas sem que os passageiros paguem a mais por isso, para o presidente da empresa o ideal para o Overture seria a comercialização de bilhetes com o mesmo valor da Classe Executiva em companhias aéreas tradicionais que voam com aviões subsônicos.

O avião maior, o Overture, terá 55 assentos a bordo, voará a Mach 2.2 e terá um alcance de voo de 4500 milhas náuticas (8300 km).

Por enquanto não devemos ver uma movimentação da companhia no sentido de lançar o protótipo do avião maior. A tecnologia no pequeno Boom deverá ser desenvolvida no prazo de quatro a cinco anos.

De qualquer forma, até agora, eles só arrecadaram US$ 141 milhões (107 milhões de libras) para criar um pequeno projeto de protótipo chamado XB-1.


O foco da Boom com esse protótipo ‘Baby Boom’ é conseguir obter o chamado “boom” supersônico silencioso. O novo formato aerodinâmico permite usar a aeronave de passageiros em voos acima dos continente.

 

DEIXE UMA RESPOSTA