Reino Unido
Foto - Stuart Bailey/British Airways

A British Airways fez um acordo com o Citibank, para obter um empréstimo de US$ 750 milhões, em contrapartida, a companhia colocou como garantia 48 aviões próprios, e que operam na sua frota.

Essa operação não é incomum na aviação, e muito menos em empresas, que podem usar o seu patrimônio como garantia em empréstimo. Outras companhias optam por um regime ainda mais agressivo, vendendo aeronaves próprias, para depois operar com essas pagando leasing.

Todas as aeronaves da British Airways que foram colocadas como garantia têm menos de 20 anos de idade, sendo as duas mais antigas entregues em dezembro de 2000. Boa parte são aviões da família Airbus A320, para voos que transportam poucos passageiros a bordo.

Confira a lista abaixo:

Quantidade Modelo
2 Airbus A318-100
4 Airbus A319-100
24 Airbus A320-200
10 Airbus A321-200
5 Boeing 777-200ER
2 Boeing 777-300ER
1 Boeing 787-9

 

Esse dinheiro do empréstimo realizado deve ser utilizado pela companhia para reestruturar as suas operações após a passagem da crise, além de compor o caixa da empresa.