British Airways pode abandonar frota de Boeing 747 em 2020

Foto - Nick Morrish/British Airways

Nas últimas semanas a British Airways demonstrou que não planeja operar com o Boeing 747 por muito tempo. A companhia enviou cinco aeronaves para o desmonte em abril, e não planeja retomar as operações diretamente com o 747.

A companhia que já teve boa parte das suas operações apoiadas no 747, declarou durante um anúncio de resultados nesta semana que pode antecipar a aposentadoria das suas aeronaves, de acordo com a nova projeção de frota para os próximos anos.

Plano futuro da companhia não inclui aeronaves 747 ou A340 no Grupo IAG. “Avaliando mais reduções de frota, incluindo a possível aposentadoria antecipada de B747 e A340”

A British Airways ainda tem 28 aviões Boeing 747 na sua frota atualmente, e esperava substituir essa aeronave com uma combinação de aviões Airbus A350-1000 e Boeing 777-9X.

Mas pela baixa demanda por voos internacionais esperada nos próximos meses, a British Airways pode cortar toda, ou pelo menos, boa parte da frota de aviões Boeing 747, retomando as operações somente com o A380, A350, 787 e 777.

Ao todo a British Airways tem 104 aviões dos modelos A380, A350, 787 e 777. A companhia ainda deve receber nos próximos anos mais 47 aviões widebody de grande porte.

 

DEIXE UMA RESPOSTA