British Airways quer demitir todos os seus pilotos, e contratar com salários menores

Foto: British Airways

A British Airways declarou que planeja demitir cerca de 4300 pilotos, porém, quer contratar esses tripulantes novamente, com o salário menor.

Essa declaração da British Airways criou um grande entrave com o sindicato British Airline Pilots Association (BALPA), que acusa a companhia de agir indevida demente, sem garantia que recontratará os profissionais.

Um porta-voz da companhia aérea confirmou que nenhuma decisão final foi tomada; no entanto, a consulta legal deve cessar em 18 de julho.

Foto – Nick Morrish/British Airways

O secretário geral da BALPA, Brian Strutton, disse que a companhia havia agido de maneira não profissional.

“Estou chocado com a atitude cavalheiresca demonstrada pela BA em relação aos representantes de Balpa e aos pilotos. Isso prejudicou seriamente nossas negociações, que agora estão pendentes.”

A British Airways apoiou suas alegações dizendo que estava apenas tomando as medidas necessárias para proteger o maior número possível de empregos.

A British Airways está tentando demitir cerca de 12000 funcionários de sua força de trabalho de 42000, devido à atual crise. Apesar disso, sua estratégia pós-COVID-19 também não foi ajudada pelas diretrizes do governo do Reino Unido.


Cerca de 125 pilotos devem ser demitidos imediatamente, sendo que a British Airways planeja demitir um total de 1130 pilotos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA