Foto - British Airways

Depois de 28 anos operando com o Boeing 767, a British Airways confirmou que deixará de realizar voos com essa aeronave até o fim deste ano.

A companhia já lançou um plano para substituir em pouco menos de seis meses as 7 aeronaves restantes do modelo 767-300ER, que no momento estão operando voos de curta distância para Amsterdã, Atenas, Roma, Frankfurt, Estocolmo e Istambul, a partir do Reino Unido.

Depois de anos realizando voos transatlânticos, a British optou por ir colocando o Boeing 767 aos poucos em voos de alta demanda, mas de pequena distância.

Todos esses aviões restantes estão equipados com duas classes, e 244 assentos no total. Esse é um número bem alto para o Boeing 767-300.

No total a British Airways operou nos últimos 28 anos com trinta aviões desse modelo, e iniciou a substituição há alguns anos pelo Boeing 787. A companhia também já operou uma frota considerável do Boeing 757, mas já aposentou essas aeronaves.

O destino desses últimos aviões do modelo Boeing 767-300ER ainda não foi esclarecido pela British Airways.