Foto - Divulgação

A Cabo Verde Airlines, antiga TACV, finalizou o processo de privatização. A Loftleidir Cabo Verde será sócia maioritária com 51% das ações na companhia. Jens Bjarnason foi nomeado como novo CEO [Chief Executive Officer].

Seguido do anúncio oficial do Governo de Cabo Verde, a oferta submetida pela Loftleidir Cabo Verde para adquirir 51% das ações da Cabo Verde Airlines foi aceite. A assinatura do acordo de compra foi realizada esta sexta-feira, 1 de março pelas 16h de Cabo Verde.

A Loftleidir Icelandic, empresa subsidiária do grupo Icelandair, detém 70% das ações na Loftleidir Cabo Verde, enquanto que os restantes investidores 30%.

A Loftleidir Icelandic tem vindo a trabalhar em regime de consultadoria com a Cabo Verde Airlines desde 2017 na restruturação da companhia e a desenvolver uma estratégia para o futuro da empresa.

Jens Bjarnason, novo CEO da Cabo Verde Airlines, disse:

“Vemos uma grande oportunidade em desenvolver Cabo Verde como um destino turístico e fazer do Aeroporto Internacional do Sal um HUB ideal para voos de ligação eficientes entre os quatro continentes, Europa, América do Sul, África e América do Norte. Este objetivo será conseguido através de um serviço de confiança e eficiência com uma diferença: A essência de Cabo Verde.”

A Cabo Verde Airlines irá beneficiar da experiência e conhecimento do grupo Icelandair que tem um modelo de negócio similar, ligando a Europa e América do Norte pelo Atlântico Norte com a Islândia como HUB.