A-1 AMX que sofreu um princípio de incêndio, note a espuma usada pelos bombeiros. Foto: Ala 4

Um caça A-1 AMX sofreu um princípio de incêndio enquanto estava passando por um teste de motor, na Ala 4 (Unidade aérea da FAB em Santa Maria-RS). O incidente aconteceu ontem, dia 17, por volta das 18h30, os bombeiros aeronáuticos rapidamente chegaram ao caça.

Apesar de ter sido considerado um princípio de incêndio, os bombeiros permaneceram no local por 4 horas, neste tempo apagaram as chamas com espuma e resfriaram a aeronave, para evitar que novas chamas aparecessem.

A aeronave ficou parcialmente destruída e não houve feridos. Conforme a nota lançada pela Ala 4, “todos os procedimentos de precaução foram adotados para que o fogo não voltasse a ocorrer e a aeronave está agora sendo reparada para retornar a sua atividade de voo normal”.

Esse é o segundo caso envolvendo um A-1 AMX com caráter destrutivo. No dia 5 de abril um caça A-1B AMX caiu na região metropolitana de Porto-Alegre-RS.

Os pilotos conseguiram ejetar em segurança, na época do ocorrido estava tendo um exercício BVR na Ala 3, em Canoas, RS.