Pilotos de caças bombardeiros russos, Sukhoi SU-34 fizeram um exercícios de detecção e a destruição das instalações terrestres de um inimigo simulado. Os exercícios de ataque ao solo aconteceram na região de Kurgan.

Os aviadores fizeram voos entre 400 a 8.000 pés, voos com estas altitudes fazem parte das táticas de emprego a ataques ao solo.

“Os pilotos detectaram os alvos que simulavam os postos de comando e a armadura do inimigo e lançavam ataques de bombardeio por bombas de prática do P-50T de baixas altitudes e praticavam manobras complexas para evitar as defesas aéreas inimigas”, diz o comunicado publicado pelo site de notícias russo TASS.

Ao todo foram oito aviões SU-34 e um avião de reconhecimento SU-24MR, além de 100 militares em solo que envolve mecânicos, controladores de voo, dentre outros profissionais.

Os SU-34 são capazes de atingir velocidades de 1.900 km/h e carregar uma carga útil de 8 toneladas e tem uma autonomia de 4.000 km.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA