Um Boeing 777F da Ethiopian Airlines foi obrigado a pousar no Aeroporto Hang Nadim, em Batam, uma ilha ao sul de Cingapura. Após caças F-16 da  Indonésia, interceptarem a aeronave.

De acordo com as autoridades da  Indonésia, o avião etíope teria invadido o espaço aéreo do país sem permissão. O que levou o acionamento dos F-16 para averiguarem a aeronave que ali estava.

O voo de carga ETH3728, tinha como objetivo deixar um motor em Cingapura para manutenção, informaram funcionários da Ethiopian Airlines.

Ainda de acordo com eles. “(O avião) estava cruzando o espaço aéreo da Indonésia de acordo com o Artigo 5 da Convenção de Chicago da ICAO, pelo qual um voo não regular pode sobrevoar o espaço aéreo de um país amigo sem permissão prévia”, dizia o e-mail da companhia aérea.