Caças F-35A e F-35B da força aérea italiana- Foto: A Força Aérea Italiana é a única que opera duas versões doF-35, a versão convencional A e a versão B (que tem a capacidade de pousos e decolagens na vertical-STOV). Por ser um caça furtivo o F-35 tem como levar seus armamentos em baías internas sob sua fuselagem. Essa é uma das táticas que ajuda a manter o modo furtivo do caça, garantido assim o efeito supressa nos conflitos.

A Aeronautica Militare (Força Aérea Italiana) realizou recentemente um voo em “Beast Mode” com seus caças F-35A e F-35B, mostrando assim o poder de fogo dos caças furtivos italianos.

O modo “Beast” é quando o caça carrega uma grande gama de armamentos a mostra sob suas asas.

O F-35A estava “carregado com quatro GBU-12s LGB (Bombas Guiadas por Laser) nos postes externos e dois mísseis AIM-120 AMRAAM ar-ar no compartimento de armas. Já o F-35B estava equipado com quatro GBU-12“, de acordo com o site The Aviationist.

 

A Força Aérea Italiana é a única que opera duas versões doF-35, a versão convencional A e a versão B (que tem a capacidade de pousos e decolagens na vertical-STOV). 

Por ser um caça furtivo o F-35 tem como levar seus armamentos em baías internas sob sua fuselagem. Essa é uma das táticas que ajuda a manter o modo furtivo do caça, garantido assim o efeito supressa nos combates.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA