Caças F-35B no convés do porta-aviões italiano Cavour com bombas GBU-12. Foto: Dane Wiedmann/US Navy.

Os caças de quinta geração F-35B Lightning II estão sendo testados em configuração Beast Mode a bordo do porta-aviões italiano ITS Cavour. Os testes com cargas externas começaram no dia 14 de março e fazem parte da campanha de certificação de operação do modelo na nau capitânia da Marinha Italiana. 

No dia 13 do mês passado o Cavour chegou aos Estados Unidos para realizar os testes que começaram no dia 01 de março. A Marinha dos EUA está usando dois F-35B especialmente instrumentados para a realização dos ensaios. Os caças pertencem ao esquadrão de testes e avaliações VX-23 Salty Dogs. 

Nos testes, os aviões da US Navy não chegaram a ser carregados com os mísseis AIM-9X Sidewinder externamente, apenas com as bombas GBU-12 Paveway II. Não é possível saber se estavam com algum armamento interno.

F-35B a bordo do ITS Cavour. Foto: Dane Wiedmann/US Navy.

O termo Beast Mode é popularmente ligado ao F-35 quando este está com sua configuração máxima de armamentos, portando bombas e mísseis tanto na baia interna quanto nos cabides externos 

Segundo o The Aviationst, o termo “Bomb truck” também é usado, todavia, é mais atribuído a outras aeronaves. Cabe lembrar que esse é um termo popular e não uma designação oficial, publicada em manuais e/ou documentos técnicos. 

Em uma guerra total, a configuração seria usada depois que a superioridade aérea estivesse garantida através da neutralização das defesas aéreas e aviação do inimigo. Nesse cenário, a capacidade stealth pode ser sacrificada, permitindo que o F-35 voe carregando material bélico externamente. 

Após os testes, o ITS Cavour será usado na qualificação dos seis novos aviadores navais da Marinha Italiana, já treinados para voar o F-35B. A Itália planeja adquirir um total de 90 caças F-35: 60 do modelo F-35A (pouso e decolagem convencional) e 30 do modelo F-35B (pouso de decolagem vertical), sendo 15 para a Marinha e 15 para a Força Aérea.

Caças F-35A e F-35B italianos em Beast Mode. Foto: Força Aérea Italiana.