Caças F-35I "Adir", voam em formação sob Jerusalém- Foto:IAF

Caças F-35I Adir de Israel podem ter atacado alvos no Iraque duas vezes nas últimas duas semanas. Um ataque aconteceu no dia 19 de julho e o outro no dia 28. Os alvos eram armazéns iranianos que armazenavam armas e mísseis em Camp Ashraf, nordeste de Bagdá, no Iraque, segundo um jornal árabe Asharq Al-Awsat.

Tudo leva a crer que se tratava de uma base do Irã no Iraque, o local da base fica cerca de 80km da fronteira iraniana e apenas 40km da capital do Iraque Bagdá.

Informação dos ataques veio apenas do jornal acima citado, nada de oficial saiu por parte de Israel. A mídia árabe já havia informado que os Adirs israelenses já realizaram outros ataques.

Arte via Web

No mapa acima mostra a localização do armazém que de acordo com o jornal Asharq Al-Awsat, foi destruído por caças F-35I. A região apontada no mapa bem como os dois países envolvidos ficam à mais de 1.000km da Base Aérea de Nevatim, em Israel e pela distância seria preciso uma estrutura de apoio que envolveria inclusive reabastecimentos em voo.

Caça F-35I da IAF- Foto IAF

“No ano passado, vários ataques contra a Guarda Revolucionária Iraniana e a milícia libanesa Hezbollah na Síria foram atribuídos a Israel”, relatou o jornal israelense,Haaretz.

Ainda não houve nada de oficial divulgado por Israel, o que não se pode dar certeza 100% dos fatos, mas é possível sim que tais ataques tenham acontecidos. Os F-35I Adir já estão sendo inclusos em treinos e missões armadas assim como os demais caças da IAF. A última missão dos Adir foi em conjunto com outros F-35 dos EUA e da Grã- Bretanha.

 

Fonte de apoio: The Aviationist / Edição: Aeroflap

DEIXE UMA RESPOSTA