Neste último domingo (22) dois caças Rafale, da equipe de exibição tática Vautour Bravo, colidiram enquanto se apresentavam em um show aéreo realizado em Cognac, no sudoeste da França.

Os aviões estavam operando pela Armée de l’air, e pertenciam a 30ª Ala de Caça. Ambos os pilotos conseguiram pousar, contudo, pedaços do estabilizador vertical, um pod SPECTRA com sensores, e partes de um canard, caíram em uma casa danificando seu teclado. Nenhuma pessoa ficou ferida.

“Durante sua apresentação tática, dois Rafales da 30ª Ala de Caça se tocaram em voo”, disse o coronel Nicolas Lyautey, comandante da base aérea 709 Cognac-Châteaubernard, onde o show aéreo estava ocorrendo. “Um deles perdeu um pedaço de sua asa, que danificou o telhado de uma casa durante a queda.”

Nas fotos abaixo podemos conferir os danos em uma das aeronaves:

https://twitter.com/marpic714/status/1528434138721787907

Na foto acima podemos ver a localização do sensor eletro-óptico do Rafale, no topo do estabilizador vertical da aeronave. O mesmo avião também teve danos na ponta da asa esquerda.

A outra aeronave teve sérios danos no canard direito, uma superfície de comando aerodinâmica responsável pelo controle de arfagem do caça. 

Os militares conseguiram recuperar os destroços em uma área a 9 quilômetros da base aérea. O escritório de investigação francês de segurança da aviação do Estado (BEA-E) abriu uma investigação para identificar as causas deste incidente.