Rafale Catar Reino Unido reabastecimento em voo REVO
Foto: RAF.

Aeronaves de caça Dassault Rafale  da Força Aérea Catariana (QEAF) foram reabastecidos em voo (REVO) por um Airbus A330 MRTT da Força Aérea Real (RAF). A missão binacional faz parte do Exercício Soaring Falcon.

A operação entre RAF e QEAF é a mais recente cooperação entre as duas organizações, que possuem até mesmo dois esquadrões em conjunto.

Rafale Catar QEAF
Rafale DQ da QEAF. Foto: RAF.

O A330 MRTT, designado como Voyager KC.2, operou a partir de uma base do Catar. O reabastecimento com os Rafales aconteceu em uma variedade de condições. Segundo a RAF, o treinamento foi projetado para permitir que a tripulação do Voyager e os pilotos do Catar construam a interoperabilidade entre o pessoal e o equipamento das duas forças aéreas.

Foto: RAF.

O Voyager usado pela RAF no REVO com o Catar é o de matrícula ZZ336, apelidado de Vespina. Ao contrário dos outros A330, este também é usado em missões VIP, transportando o Primeiro Ministro britânico.

Por isso também é popularmente chamado de “Boris Force One”, em alusão ao avião presidencial estadunidense e o Primeiro Ministro Boris Johnson.

A330 MRTT Voyager KC.2 Reino Unido
O Voyager KC.2 Vespina foi usado no REVO com a QEAF. Foto: RAF.

“Foi um privilégio trabalhar ao lado de nossos aliados do Catar durante este exercício”, disse o Squadron Leader Harvey, do 10 Squadron da RAF que opera o Voyager.

“Atividades integradas como essas não apenas oferecem a oportunidade de aprimorar nossas habilidades e ajudam a desenvolver conhecimentos bilaterais de reabastecimento com nosso parceiro, mas também demonstram a capacidade e alcance disponível quando trabalhamos juntos.”

Foto: RAF.

Este é o segundo exercício desse tipo, que é a implantação regular do Serviço de Reabastecimento Aéreo do Catar, um acordo entre o Reino Unido e o Catar que fornece, em desdobramentos ocasionais e rápidos, operações de REVO para a QEAF. 

O Exercício Soaring Falcon tem como base a forte parceria militar do Reino Unido com o Catar, única nação em que o Reino Unido compartilha esquadrões conjuntos: o 11 Squadron da QEAF, de treinamento conjunto com o jato Hawk, e o 12 Squadron da RAF, que opera os caças Eurofighter Typhoon. O 12 Squadron será enviado ao Catar no final deste ano e apoiará as operações de segurança aérea para a Copa do Mundo FIFA de 2022.

A RAF destaca que exercícios como este aumentam a capacidade do Catar de enfrentar os desafios de segurança compartilhados, o que ajuda a proteger a prosperidade e a segurança.