Acidente Indonésia Sriwijaya Air Boeing 737
Foto: JetPhotos - Panji Anggero

A duas caixas-pretas do Boeing 737-500 que caiu na Indonésia neste último sábado (09/01) foram localizadas por uma equipe de busca, e no momento estão sendo recuperadas.

De acordo com os investigadores, um barco atracou no Posto de Comando Integrado JICT 2 com 3 sacos contendo destroços de aeronaves e 5 sacos contendo partes dos corpos de vítima do acidente.

Sacos com os destroços e caixas-pretas.

Até o momento as autoridades não confirmam totalmente a fatalidade dos 62 ocupantes, mas pelas condições do acidente, é bastante provável que não existam sobreviventes.

Outros destroços, como pedaços de metal retorcido, estão sendo recuperados pela equipe de busca que atua na área de queda da aeronave (mapa abaixo).

As caixas-pretas estavam emitindo sinais de localização normalmente, e posicionadas a 23 metros de profundidade. Esses dois componentes são essenciais para os investigadores determinarem as causas do acidente.

O último contato da aeronave foi às 14h40, horário local, do dia 09 de janeiro, quando estava a 10900 pés. Dados do FlightRadar 24 mostram que a aeronave teve a sua altitude reduzida em 10000 pés em menos de um minuto, mergulhando no Mar de Java, onde os destroços estão sendo procurados por uma equipe de busca e salvamento.

O acidente ocorreu com um Boeing 737-500 (versão Classic) da Sriwijaya Air, de matrícula PK-CLC, que estava cumprindo o voo SJ182, de Jacarta para Pontianak, na Indonésia.

 

DEIXE UMA RESPOSTA