Foto oficial da entrega dos cinco primeiros Rafales do Catar: Foto: Ministério da Defesa do Catar

Essa semana foi de boas-vindas no Catar, isso devido a chegada dos primeiros caças Rafale que equiparam a Força Aérea do país, o anúncio foi dado pelo próprio Ministério da Defesa (MOD).

Ao todo o Catar irá receber 36 unidades do caça de fabricação francesa da 4.5 geração e deverão ficar sediados na nova Base Aérea de Dukhan, um ponto estratégico no pequeno mais riquíssimo país.

Um dos cinco caças Rafale do Catar- Foto: Ministério da Defesa do Catar

Para prestigiar a chegada dos caças a maior autoridade do país o sheik Tamim bin Hamad Al Thani, acompanhou a cerimônia organizada pelos militares árabes. O sheik também conheceu as instalações da base aérea.

Apesar de ser uma pequena nação, boa parte do território do Catar tem petróleo e o país tem problemas com a Árabia Saudita. Com isso o  governo não mede esforços para a proteção desde bem maior.

Tanto que o Departamento de Defesa dos EUA autorizou a compra dos caças pelo Catar. A compra foi autorizada integralmente, ou seja, os 36 caças serão adquiridos pelo Catar. E a Boeing já iniciou a construção dos F-15QA do Catar.

Xeque Tamim bin Hamad Al Thani- Foto: Ministério da Defesa do Catar

Não bastante ter um força aérea composta de caças F-15 QA e Rafales o Catar está interessado em adquirir de 24 Eurofighter Typhoons, seis BAEs Systems Hawks para treino avançado, 48 Apaches Boeing AH-64E, 28 NH Industries NH90s. No cenário dos aviões de grande porte existem quatro Boeing C-17 Globemaster IIIs; e quatro Lockheed Martin C-130J Hercules. O Estado País também precisa de reabastecedores para apoiar essa rica frota de caças e para isso adquirir (ou ambos) o Transporte de Petroleiro de Múltiplos Papéis (MRTT) Airbus Defence and Space A330 e Boeing KC-46A Pegasus.

F-15 Eagle (imagem apenas ilustrativa para a matéria). Os F-15 QA estão sendo fabricados nos EUA pela Boeing Via-Web

Depois de um longo tempo tentando vender o caça Rafale, inclusive para o Brasil no programa FX-2. A fabricante Dassault conseguiu enfim vender o caça mais tecnológico já feito pelos franceses. Além do Catar existem contratos com o Egito e a Índia.

DEIXE UMA RESPOSTA