O Antigo Aeroporto de Doha, no Catar, foi desativado em 2013, porém ele será novamente reativado para receber o tráfego aéreo excedente na Copa do Mundo da FIFA em 2022.

O local deveria dar espaço para um projeto urbano, mas o projeto foi congelado pelo governo local após a FIFA escolher o Catar como sede da copa, o local está totalmente sem operações desde 2014, quando a Qatar Airways e as outras companhias transferiram seus voos para o novo aeroporto.

O aeroporto antigo deve transportar 10 milhões de passageiros em dois meses, durante a Copa do Mundo da FIFA, e também será responsável por receber aeronaves executivas.

“Nós já estamos ativando. Em 2020 e 2021, o aeroporto receberá uma reforma completa” , afirmou hoje a administração local para a ATW Online.

O local tem 44 portões de embarque, além de duas salas VIPs da Qatar Airways e o Oryx Lounge.

A capacidade para 25 milhões de passageiros por ano do terminal antigo será combinada com a capacidade do novo aeroporto, distante 5 quilômetros e que tem capacidade atualmente para mais de 40 milhões de passageiros, mas com a expansão, terá capacidade para 70 milhões de passageiros em 2022.