Cathay Pacific estuda utilizar aviões de passageiros para levar cargas

As companhias aéreas de Hong Kong tiveram um ano difícil. Foto: Bill Abbott via Wikimedia Commons

Após os cortes feitos em seus voos regulares de passageiros no Japão, a Cathay Pacific está considerando operar serviços apenas de carga em suas aeronaves de passageiros.

Em um aviso enviado a seus clientes, o braço de carga da Cathay diz que espera apenas que as operações de carga de passageiros sejam afetadas por cortes recentemente anunciados. No entanto, está procurando maneiras de “continuar atendendo nossos clientes de carga de e para o Japão”.

“Isso inclui a retenção de determinados serviços de passageiros apenas para transporte de carga”, diz o aviso.

A Cathay cortou a maioria dos seus voos de e para o Japão em março, após as restrições de viagem recém-impostas – relacionadas ao surto de coronavírus – pelas autoridades japonesas, que disseram que os portadores de passaporte chinês e Hong Kong enfrentarão uma quarentena obrigatória de duas semanas na chegada.

A partir de hoje, a companhia aérea suspendeu todos os voos de passageiros entre Hong Kong e Fukuoka, Nagoya, Sapporo e Tóquio Haneda. A partir de 13 de março, Tóquio Narita e Osaka Kansai, bem como serviços entre Taipei e Tóquio Narita e Osaka Kansai, serão cancelados.

A transportadora diz que suas operações de cargueiros para o Japão permanecem inalteradas. “Vamos comunicar uma programação revisada em tempo hábil”, acrescenta.

O Cathay cortou a oferta em toda a sua rede, depois que o surto de coronavírus atingiu seu desempenho já enfraquecido.


Fonte: FlightGlobal

 

DEIXE UMA RESPOSTA